Flor * cor * cheiro Posted in Blog, on agosto 28, 2009 Os passarinhos já voltaram a me fazer companhia e de casa ouço todo o tipo de canto. Também pudera, abro a janela da sala e o cheiro das flores da pitangueira alegram o começo do dia. Sigo tropeçando no tempo, assim como aconteceu com o inverno. Ah, como eu adoro a primavera! 0 Boas vindas Posted in Blog, on agosto 23, 2009 Amigos, feijoada e carro arrombado. 0 Constatação Posted in Blog, on agosto 21, 2009 Não é fácil ser mulher, hein. Disse o médico antes de sair da sala. Não, não é fácil ser mulher. A gente sabe disso. 0 Primeiros contatos Posted in Blog, on agosto 20, 2009 Há uma conspiração que resulta sempre no arremesso às áreas de risco. Pior do que o risco de confrontar-se com a realidade, é o risco de transitar pelas realidades. 0 Efêmero Posted in Blog, on agosto 20, 2009 Andando pelas úmidas ruas de Porto Alegre, quase fui derrubada por uma azaléia jogada à calçada. O equilíbrio improvisado resultou em um borrão cor de rosa que pintou a passagem. 0 O tempo que a fotografia não consegue congelar Posted in Fotografia, on agosto 19, 2009 Um telefonema agora à noite me lembrou do dia de hoje, que é o dia da fotografia. A lembrança veio acompanhada: há exatamente cinco anos dei minha primeira aula. Começo a ter mais pressa. 0 Ritmo Posted in Blog, on agosto 19, 2009 Mais um desembarque no centro. Cidade cheia, desvia, espia, escuta, espera. O centro das diferenças, mas também da liberdade. Das contradições, dos encontros, das lembranças, dos cheiros, bancas e cafés. Trajetos longos provocam o pensamento fértil. Em uma única viagem, vontade de ser três coisas diferentes, vontade de estar em dois lugare ... 0 O valor da distância Posted in Blog, on agosto 14, 2009 Ao artista recomenda-se um pequeno afastamento de sua obra. Ao terminar um trabalho, esconda-o e volte a olhá-lo depois de uma semana ou mais. Neste período ocorre uma transformação entre os fatores do processo, isso é, a idéia, o que se pensa ter feito e o que foi feito de fato. Então, pegue o trabalho novamente, dê dez passos para trás e ... 0